28 abr

Caminhos de Liberdade, do escritor espanhol Javier Moro

Caminhos de liberdade, a luta pela defesa da selva , é o título do livro do escritor espanhol Javier Moro( tradução de  Sandra Martha Dolinky; Planeta; 459 páginas), trata-se de uma grande oportunidade para conhecer a rica região  amazônica e entender o processo de politização deste espaço estratégico.

Neste Romance o escritor conta a história de ocupação da Amazônia Brasileira,  o seringalista Chico Mendes é o fio condutor desta hipnotizante narrativa, que começa nos anos 40 com o processo migratório desencadeado pela exploração da borracha até os dias atuais, com uma nota do autor sobre Marina Silva(herdeira política de Chico Mendes que teve expressiva votação nas eleições de 2010 para presidente).

Belém, Manaus, Brasília, Xapuri, Rio Branco, Altamira, Washington, são algumas das cidades deste quebra-cabeça. Seus personagens: seringueiros, índios, ambientalistas, sertanistas, grandes instituições financeiras, garimpeiros, latifundiários, padres, prostitutas e matadores.

Foi através do esforço de profissionais engajados com as populações simples da Amazônia que a palavra ecologia inseriu-se no vocabulário dos brasileiros. A causa dos seringueiros foi muito importante para conter o processo de devastação da floresta que continua ameaçada pelas derrubadas e queimadas de milhões  de árvores. O trabalho de Javier Moro revela de maneira brilhante esse mundo desconhecido.

visite o site do autor :

http://www.javiermoro.com

sugestão de livraria:

www.livrariacultura.com.br

http://www.fnac.com.br/index.html

deixe seu comentário

* Seu comentário:


6 × = four