12 jun

A fascinante trajetória de Mazagão contada por Lauren Vidal

O livro “Mazagão: a cidade que atravessou o Atlântico” é uma magnífica história que relata a trajetória da cidade de Mazagão. O livro descreve a criação da cidade-forte, que foi inicialmente fundada em Marrocos pelos portugueses, no século XVI, para defesa da costa africana. Em 1769, a vila inteira de Mazagão é transferida para Lisboa por decisão da coroa portuguesa.

Além disso, é também nesse período que Portugal decide o destino das famílias mazaganenses, ao enviá-las para o outro lado do Atlântico, para seguir o seu plano de colonização da Amazônia. O principal argumento utilizado pela coroa portuguesa era seguir os princípios do plano pombalino de colonização, que consistia na ocupação e defesa do Brasil colonial.

Pouco tempo depois da vila se estabelecer no Pará, uma epidemia devasta quase que por completo a população, os poucos sobreviventes fogem e se estabelecem em outras localidades do Amapá. A nova vila de Mazagão então se organiza na floresta amazônica, e isso acaba ocultando-a durante séculos.

A dramática história vivida em três continentes é contada todos os anos na vila, durante a festa de São Tiago. Esse festejo relata fatos históricos que simbolizam a grande saga de um povo herói que lutou contra as adversidades para ter seu espaço.

comentários

Suellen Conceiçao 13/6/2011 - 21h 35

Interessante e riquissima literatura. Li e recomendo esta curiosa e encantadora leitura.

deixe seu comentário

* Seu comentário:


five − 1 =